dd/mm/aaaa



Cineclube OSBA

Neste mês de outubro, o cinema nacional tem destaque no Cineclube OSBA, projeto de extensão da Sinfônica da Bahia que escolheu para a sua live debate o filme “Lamarca” (1994), de Sérgio Rezende. Realizado em parceria com o Laboratório de Análise Fílmica (LAF) da Faculdade de Comunicação da UFBA, o projeto funciona em sua versão virtual da seguinte forma: o cineclube indica um filme nas redes sociais da OSBA com antecedência e, em seguida, acontece uma Live debate com músicos e pesquisadores de cinema. O debate será realizado no dia 13 de outubro, às 19h, no transmissão ao vivo no canal da OSBA no YouTube (www.youtube.com/OSBAOrquestraSinfonicaDaBahia)  e terá participação de David Tygel ( compositor da trilha musical do filme),  Guilherme Maia ( professor, pesquisador na área de cinema e também compositor) e Mariana Krewer ( violinista da OSBA). 

A MÚSICA NO CINEMA: o Cineclube OSBA é um projeto de extensão da Sinfônica da Bahia em parceria com o Laboratório de Análise Fílmica (LAF) da Faculdade de Comunicação da UFBA e existe desde abril de 2019. Tem como objetivo estreitar as relações entre a música sinfônica e a sétima arte, sendo os debates sempre formados por um músico da OSBA e um pesquisador de cinema do LAF ou indicado pelo laboratório. Com a sua versão digital, o Cineclube OSBA tem tido oportunidade de expandir o debate sobre a música no cinema ao convidar os realizadores das obras, refletindo tanto sobre a importância estética da música na narrativa fílmica quanto sobre o campo de trabalho deste compositores para obras audiovisuais.  Na edição de outubro, o debate será enriquecido ao unir o cantor, compositor, arranjador e instrumentista David Tygel, compositor da trilha musical de “Lamarca”, além de outros filmes brasileiros como “O Homem da Capa Preta”, (1986) e “Dois Perdidos numa Noite Suja” (2002);  o músico, professor pesquisador de som no cinema (Guilherme Maia) e o violinista da OSBA ( Mariana Krewer). 

SOBRE O FILME “LAMARCA”: com direção de Sérgio Rezende, que também dirigiu filmes como “Guerra de Canudos” (1997) e “Zuzu Angel” (2006), o filme retrata os últimos meses de vida do guerrilheiro brasileiro Carlos Lamarca (1937-1971), um dos líderes da luta armada contra a ditadura militar no Brasil (1964-1985). A história começa em dezembro de 1970, quando Lamarca, interpretado pelo ator Paulo Betti, e seu grupo de revolucionários, negocia com o governo ditatorial a soltura de presos políticos em troca da libertação do embaixador da Suíça. Para assistir ao filme, o Cineclube OSBA recomenda a consulta ao site Just Watch (www.justwatch.com/br).

A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), criada em 30 de setembro de 1982, é um corpo artístico do Teatro Castro Alves e que teve seu processo de publicização consolidado em abril de 2017. Desde então, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA) – entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização Social (OS) – realiza a gestão da OSBA, que permanece como corpo artístico público, sendo mantida com recursos diretos do Governo do Estado da Bahia, através da sua Secretaria de Cultura (SecultBA).

Data: 13/10/2021

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 4000-1139