dd/mm/aaaa



Concerto de Verão Solário

A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) inicia o ano de 2021 com a missão de seguir produzindo música para o maior número de pessoas de forma digital, já que o isolamento social segue sendo de extrema importância no combate à Covid-19. Como forma de conectar seu público ao verão soteropolitano, a orquestra realiza o "Verão da OSBA", com uma série de conteúdos musicais e relacionados ao universo orquestral.

No dia 21 de janeiro, às 20h, vai ao ar o documentário musical “Solário”, que, com direção artística de Gil Vicente e direção musical e regência de Carlos Prazeres, traz diversas formações da OSBA interpretando um repertório sinfônico que inclui obras de Bach, Handel e Beethoven, gravadas no Teatro Castro Alves e no Museu da Misericórdia. O vídeo musical também possui a participação do cantor baiano Xangai, além de inserções de poemas de escritores baianos de diversas épocas, como Gregório de Mattos e Myriam Fraga, recitados pelos atores Denise Correia e Marcelo Praddo. A exibição será no canal da OSBA no YouTube (www.youtube.com/OSBAOrquestraSinfonicadaBahia).

CONCERTO DE VERÃO SOLÁRIO: A cidade de Salvador costuma ter uma atividade cultural intensa em janeiro, mês de férias e pico do verão. Em 2021, após quase um ano de isolamento social em consequência da pandemia da Covid-19, o vídeo “Solário” vem como uma maneira afetiva de aproximar o público do verão soteropolitano através da música e de imagens da cidade. Além do palco principal do Teatro Castro Alves, foi escolhida como locação do espetáculo musical o Museu da Misericórdia, no Pelourinho, com vista para a Baía de Todos os Santos. No programa, peças do repertório canônico da música de concerto como “Qui Tollis” da Missa em Lá maior, BWV 234 e “Allemande” da Partita para Violino nº 2 em Ré menor, BWV 1004”, de Bach; “Sinfonia” do 3º Ato da Ópera Hércules, de Handel; e “Transição de ‘Sanctus/Benedictus’ da Missa Soleminis em Ré maior, Op.123”, de Beethoven. Também serão interpretadas obras de compositores nacionais, como “Abertura nº 6”, de João Gomes de Araújo, e duas músicas com participação do cantor Xangai.

Para Carlos Prazeres, diretor artístico e maestro da Sinfônica da Bahia, é justamente por conta dessa impossibilidade de celebrar o verão nas ruas e coletivamente por conta dessa complexa ferida que foi aberta na sociedade que a OSBA se juntou com o diretor Gil Vicente para aliar música, teatro e poesia neste documentário musical e poético cujo nome tem inspiração da poesia “Solário”, da baiana Myriam Fraga, que fala sobre um verão com chagas, dores e dissabores. “O vídeo musical Solário une poesia e música baiana e do mundo do século XVII até os dias de hoje e a gente vai poder ver toda a arte baiana surgindo como cura para todos nós neste período tão difícil e complexo”, conclui Prazeres. As poesias de escritores baianos como Gregório de Mattos, Myriam Fraga, Junqueira Freire e Jacinta Passos serão recitadas pelos atores baianos.

Data: 21/01/2021

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 4000-1139