dd/mm/aaaa



Conversas Plugadas: Aldri Anunciação

Em março de 2011, a Sala do Coro do Teatro Castro Alves (TCA) foi palco para a estreia da comédia-dramática “Namíbia, Não!”, marcando a primeira experiência de Aldri Anunciação como dramaturgo, função que acabou o concedendo diversos prêmios. É com este artista da Bahia que o Conversas Plugadas, projeto promovido pelo TCA, oferece ao público a oportunidade de dialogar e debater de perto. Na próxima quarta-feira, 9 de maio, às 19h, ele vai falar de sua trajetória artística e celebrar os sete anos de sucesso da peça, já assistida por mais de meio milhão de espectadores. A entrada é franca.

Na sexta-feira seguinte, 11 de maio, às 21h, “Namíbia, Não!” terá sessão comemorativa, desta vez na Sala Principal do TCA. Além de Aldri, a montagem marcou outra importante primeira vez para outro grande artista do teatro baiano: Lázaro Ramos, que assina a direção do espetáculo.

O texto escrito por Aldri recebeu o Prêmio R7 de Melhor Texto de Teatro de 2012, através de votação popular, que mobilizou mais de 100 mil votantes. Ainda foi contemplado com o Prêmio Braskem de Teatro 2011 e o Prêmio Fapex 2010. O dramaturgo ainda foi recentemente laureado com o Prêmio Jabuti de Literatura na categoria Ficção Juvenil com o mesmo texto, editado pela EDUFBA em 2012. Ao longo destes anos, além de prêmios, o trabalho coleciona temporadas e apresentações em mais de 15 estados brasileiros e Portugal.

MINIBIO – Aldri Anunciação é dramaturgo e ator. Estreou atuando no espetáculo do diretor mineiro Gabriel Vilela, “O Sonho de August Strindberg”. Seus trabalhos mais recentes, além de “Namíbia, Não!”, foram “O Campo de Batalha: A Fantástica História de Interrupção de uma Guerra Bem Sucedida” (também texto de sua autoria e com quatro indicações ao Prêmio Braskem de Teatro 2016) e “A Mulher do Fundo do Mar” (com a atriz Iami Rebouças). Coprotagonizou com o ator alemão Edgar Selge o filme alemão “Filhos de Bach” (2016), pelo qual recebeu o Prêmio VIB Culture Award na cidade de Munique, Alemanha; a produção ficou por quatro meses em exibição como um dos dez filmes mais assistidos da Alemanha na temporada de 2016.

Como dramaturgo, Aldri recebeu diversos prêmios no Brasil, e é um dos cinco únicos autores da Bahia a ganhar o primeiro lugar em categoria de obra de ficção no Prêmio Jabuti de Literatura, prêmio antes concedido aos baianos Jorge Amado, João Ubaldo Ribeiro, Wally Salomão e Antônio Torres.

Para 2018, ele prepara o lançamento de mais uma obra de sua autoria, que fala sobre a condição pós-diaspórica do negro brasileiro, em um espetáculo teatral com atuações do consagrado ator Antônio Pitanga e do seu filho Rocco Pitanga.

Além de ser um artista-pensador sobre distopias contemporâneas, é idealizador e coordenador do Festival da Melanina Acentuada, que reúne anualmente espetáculos e performances teatrais com obras escritas e ativadas por jovens negros brasileiros.

Doutorando em Literatura Dramática pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Aldri Anunciação recebeu, em 2014, a Comenda de Mérito Cultural (na Categoria Júnior) por sua contribuição para as artes.

Atualmente, ainda apresenta um programa de TV que se debruça no comportamento, arte e cultura da Bahia, intitulado “Conexão Bahia”, da Rede Bahia. Também realiza a pré-produção do seu novo texto teatral, “Embarque Imediato”, e protagoniza o longa-metragem “Ilha”, com direção de Glenda Nicácio e Ary Rosa (Rosza Filmes), ambos com estreia prevista para o segundo semestre de 2018.

 

Conversas Plugadas

Aldri Anunciação

Onde: Foyer do Teatro Castro Alves

Quando: 9 de maio (quarta-feira), 19h

Quanto: Entrada franca (sujeita à lotação do espaço)

Data: 09/05/2018

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 3003-0595