dd/mm/aaaa



#OSBAflix: Abraço da OSBA

O #OSBAFLIX – Especial Quarentena, projeto da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) para lidar com o isolamento social, entra no seu quinto mês.

A programação de agosto inicia no dia 7 com o “Abraço da OSBA”, vídeo musical em homenagem a Caetano Veloso. A programação de vídeos gravados musicais, o OSBAMIX, mergulha neste mês na composição sinfônica vocal com uma cantata e uma ópera. No dia 13, às 19h, vai ao ar, no canal oficial da OSBA no YouTube (www.youtube.com/OSBAOrquestraSinfonicaDaBahia), o OSBAMIX Convida Lina Mendes e Fernando Cordella. A soprano e o cravista interpretam com Thomaz Rodrigues (violoncelo) e Lucas Robatto (flauta) a Ária “Ei! wie schmeckt der Coffee süsse”, da Cantata do Café do compositor J.S. Bach (1685-1750). Já no dia 27, às 19h, vai ao ar o OSBAMIX convida Marly Montoni, no qual a soprano interpreta junto com músicos da OSBA a Ária “Porgi amor, qualche ristoro Fígaro”, da Ópera “As Bodas de Fígaro”, do compositor W.A. Mozart (1756-1791).

OSBA TALKS: No dia 20, às 19h, no Instagram (@orquestrasinfonicadabahia), acontece o bate-papo sobre o Complexo do Teatro Castro Alves (TCA), comandado pela diretora Executiva da OSBA, Fabiana Pimentel, e com os convidados Moacyr Gramacho, diretor do TCA, e Rose Lima, diretora Artística do TCA. Pensar a relação simbiótica entre as orquestras e suas salas de apresentação é bastante significativo se pensarmos na própria configuração arquitetônica do complexo. A proposta de uma orquestra democrática certamente tem coro no espaço que ocupa: uma sala principal polivalente, com uma visão igualmente democrática da plateia e sem camarotes, por exemplo. Nesta live OSBS Talks, os três gestores também discutirão os futuros desafios do complexo enquanto equipamento cultural público frente aos desafios que a cultura vive hoje. 

ABRAÇO DA OSBA: No dia 7 de agosto, nas redes sociais da orquestra, vai ao ar o “Abraço da OSBA”, vídeo-homenagem ao cantor e compositor Caetano Veloso, com um trecho da música “Oração ao Tempo”, interpretada pelos músicos da orquestra. O arranjo da música é do fagotista da OSBA, Jean Marques. O projeto está no quarto mês e tem como objetivo homenagear artistas de música brasileira que já cruzaram seus caminhos com a OSBA de alguma maneira. Em janeiro deste ano, Caetano Veloso esteve presente no palco do “Verão da OSBA” cantando versões de suas músicas “Cajuína”, “Luz de Tieta” e “Milagres do Povo” junto com a orquestra. A parceria foi um sucesso, lotando a Praça das Artes, no Pelourinho, e rendendo novos encontros, como entrevista de Caetano Veloso com o maestro Carlos Prazeres e a spalla Priscila Rato na Mídia Ninja.

CINECLUBE OSBA: Em parceria com o Laboratório de Análise Fílmica (LAF) da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (UFBA), o Cineclube OSBA homenageia neste mês o compositor italiano Ennio Morricone, que compôs mais de 500 trilhas sonoras para filmes e programas de televisão e faleceu no dia 6 de julho. O filme escolhido é o clássico faroeste “Três homens em conflito” (1968), de Sergio Leone, com trilha sonora de Morricone constantemente interpretada pela Sinfônica da Bahia nos seus aclamados CineConcerto. A live para debater o filme acontece no dia 12, às 19h, no Instagram (@orquestrasinfonicadabahia), e terá os debatedores Paulo Zorzetto (timpanista-solista e chefe do naipe de percussão da OSBA), Guilherme Maia (professor e pesquisador do LAF/UFBA) e Rodrigo Carreiro (professor e pesquisador da UFPE). 

Todos estes conteúdos do período de quarentena estão sendo desenvolvidos remotamente, sem necessidade de encontros e deslocamentos, tendo em vista que o corpo de músicos e o corpo administrativo da OSBA estão seguindo o isolamento social indicado pelas autoridades. 

A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), criada em 30 de setembro de 1982, é um corpo artístico do Teatro Castro Alves e que teve seu processo de publicização consolidado em abril de 2017. Desde então, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA) – entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização Social (OS) – realiza a gestão da OSBA, que permanece como corpo artístico público, sendo mantida com recursos diretos do Governo do Estado da Bahia, através da sua Secretaria de Cultura (SecultBA).

PROGRAMAÇÃO DA OSBA - AGOSTO 2020

7 de agosto (sex), 14h
Abraço da OSBA: Homenagem a Caetano Veloso
Música: Oração ao Tempo (Caetano Veloso)
Arranjo: Jean Marques
Músicos: Priscila Plata Rato, Francisco Javier Pasache, Karina Petry, José Fernandes, Mário Soares, Rogério Laborda (violinos), Serghei Iurcik, Laura Jordão (violas), Thomaz Rodrigues (violoncelo), Jéssica Albuquerque (contrabaixo), Gabriel Paes (oboé), Joatan Nascimento (trompete), Michele Girardi (trombone)
Coordenação de Gravação e Edição: Ivan Quintana

12 de agosto (qua), 19h
Cineclube OSBA
Indicação de filme: “Três homens em conflito” (1968), de Sergio Leone
Saiba onde assistir no site Just Watch: www.justwatch.com/br
Live-Debate: Paulo Zorzetto, Guilherme Maia e Rodrigo Carreiro

13 de agosto (qui), 19h
OSBAMIX Convida Lina Mendes e Fernando Cordella
Programa: J. S. BACH – Ária “Ei! wie schmeckt der Coffee süsse” 211 (4’)
Solistas: Lina Mendes (soprano), Fernando Cordella (cravo), Lucas Robatto (traverso), Thomaz Rodrigues (violoncelo)
Coordenação de Gravação e Edição: Hélio Góes
Mixagem e Masterização: Ygor Ghensev

20 de agosto (qui), 19h
Live OSBA Talks
Debatedores: Fabiana Pimentel, Moacyr Gramacho e Rose Lima
Tema: O Complexo TCA – A casa da OSBA

27 de agosto (qui), 19h
OSBAMIX Convida Marly Montoni
Programa: W. A. MOZART – Ária “Porgi amor, qualche ristoro Fígaro”
Solista: Marly Montoni (soprano)
Músicos: Eduardo Salazar, André Dos Santos Silva, Lucas Ávila, Dâmaris Dos Santos, Lírida Lima, Mariana Krewer, José Fernandes, Mário Gonçalves, Ivan Quintana, Karina Petry (violinos), Serghei Iurcik, Laís Guimarães, Ícaro Smetak (violas), Luiz Daniel Sales, Ygor Ghensev (violoncelos), Gabriel Couto (contrabaixo), Pedro Robatto, Solamy Oliveira (clarinetes), Jean Marques, Ilza Santana (fagotes), Josely Saldanha, Davi Brito (trompas)
Coordenação de gravação e edição: Ivan Quintana
Mixagem e Masterização: Ygor Ghensev

Data: 07/08/2020

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 4000-1139