dd/mm/aaaa




Sala do Coro

A Nova Sala do Coro do Teatro Castro Alves (TCA) teve suas portas abertas em julho de 2018, exatamente 40 anos após sua inauguração, depois de uma reforma completa, a segunda entrega do projeto Novo TCA. Espaço essencial para a difusão das artes da Bahia, em especial para produções experimentais, de pequeno porte, independentes e emergentes, a Sala do Coro ressurge com nova configuração espacial para o palco e a plateia, tendo a flexibilidade de formatos como fundamento de sua requalificação. Múltiplos arranjos são possíveis com uma moderna arquibancada retrátil, que oferece versatilidade cênica para criadores e novas experiências para espectadores, adaptando ao tipo que se desejar – palco italiano, arena, semiarena, cena aberta etc. Intervenções técnicas e de estrutura também incluem a reformulação do foyer, modernização dos equipamentos de sonorização, qualificação de acústica e cenotecnia, renovação do sistema de ar-condicionado, reforma dos sanitários e camarins.

HISTÓRICO – A Sala do Coro do Teatro Castro Alves foi inaugurada em 5 de julho de 1978, com a apresentação do espetáculo teatral “Choque”, do diretor Luciano Diniz. Construída num espaço que antes era destinado apenas a ensaios, foi configurada como uma sala de teatro de palco no formato arena e espaço para plateia de 150 lugares. No âmbito de sua criação, considerava-se uma inovação, até mesmo uma ousadia, uma sala de teatro com o perfil de uma plateia reduzida. Hoje, é fato conhecido que espaços menores proporcionam uma experiência mais intensa tanto para quem assiste como para quem está em cena, assim como é primordial para fomentar a formação, a qualificação, a cadeia produtiva e a experimentação das artes locais.

Muito prestigiada pela classe artística baiana, a casa deu impulso a importantes nomes da sua dramaturgia, tais como Luiz Marfuz, Paulo Dourado, Gideon Rosa, Frank Menezes, Hilton Cobra e Lelo Filho. Em seu palco, já passaram artistas consagrados, como Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Lia Robatto, Denise Stoklos e Gerald Thomas, além de ter sido a casa das montagens do TCA.Núcleo, projeto criado em 1995, e do Curso Livre de Teatro (1979-1983).

Alinhada com as diretrizes do Estado e em consonância com o propósito pelo qual foi criada, a Sala do Coro vem desenvolvendo historicamente uma política de fomento e divulgação das artes cênicas da Bahia, o que reflete diretamente em sua programação. Nos últimos cinco anos de seu funcionamento, atuava com uma média de 177 apresentações anuais e com 75% de espetáculos de teatro, tendo atingido, entre os anos de 2009 e 2013, um público superior a 82 mil espectadores. Mais de 80% da ocupação é de produções da Bahia.

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 3003-0595