dd/mm/aaaa



45 anos do TCA

O Mês do Teatro começa com todo gás no Castro Alves. A programação inclui quatro grandes espetáculos, reunindo importantes nomes das artes cênicas da Bahia e do Brasil, como Marco Nanini, Harildo Déda, Lázaro Ramos, Chico Diaz, entre outros. Para começar, nesta sexta-feira, dia 02 de março, acontece a estreia de La Ronde, com direção do mestre Harildo Déda e grande elenco. A peça fica em cartaz até o dia 25, de sexta a domingo, na Sala do Coro, às 20h. Clássico texto de Arthur Schnitzler, La Ronde fala sobre amor, desejo e solidão, sentimentos que se confundem nos dias atuais, diante de um mundo dominado por regras e aparências.

No dia 04 de março, quando o TCA completa 45 anos de inauguração, o público confere, na Sala Principal, o espetáculo Namíbia, Não!, primeira montagem dirigida pelo consagrado ator baiano Lázaro Ramos.  A apresentação acontece às 11h, com ingressos a R$ 1,00, disponíveis no mesmo dia, a partir das 9h. A apresentação faz parte do projeto Domingo no TCA e neste mesmo dia, como parte das comemorações, o público será surpreendido com a performance do Coletivo Poesia Além das 7 Praças, com três atores caracterizados declamando poesias de Castro Alves, além de uma participação, mais que especial e também poética, do ator Jackson Costa.

Seguindo com a programação do Mês do Teatro, nos dias 09 e 10, às 20h, a Sala Principal do TCA recebe o espetáculo Pterodátilos, sucesso de público e crítica, com direção de Felipe Hirsch e um elenco de primeira, com Marco Nanini, Álamo Facó, Felipe Abib e Mariana Lima. A peça conta a história da família de Artur e Grace, um presidente de banco e uma dona de casa alcóolatra, que é chacoalhada pelo retorno do filho mais velho, o iminente casamento da filha caçula e a descoberta de ossos no subsolo da casa em que moram.

E para fechar em grande estilo o mês de março, A Lua que Vem da Ásia completa a programação, nos dias 24 e 25, às 20h, na Sala Principal. Nesta adaptação de Chico Diaz para o romance de Campos de Carvalho (1916 – 1998), o ator interpreta um homem que relembra sua trajetória, repleta de passagens por lugares incomuns e tipos inusitados. Criando um mundo delirante, vasculha um passado propositalmente impreciso.

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 4000-1139