dd/mm/aaaa



NOVO TCA

(Foto: Adenor Gondim)

As obras da Concha Acústica, que fazem parte da primeira etapa da reforma do Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador, estão 70% concluídas, com previsão de término para o fim do primeiro semestre deste ano. Na manhã desta quarta-feira (18), o governador Rui Costa visitou as instalações.

Acompanhado do secretário de Cultura, Jorge Portugal, diretores do teatro, engenheiros e da imprensa, o governador vistoriou o edifício-garagem, que terá capacidade para cerca de 300 veículos, o foyer da Concha, além dos camarotes flexíveis, erguidos do zero. A primeira etapa da estrutura, que foi pensada para o aproveitamento do espaço físico já existente, recebeu investimento de R$ 80 milhões.

“Nós teremos uma Concha Acústica modernizada e equipada. Talvez seja a maior intervenção em um equipamento cultural no momento em nosso país. Com a Concha, não vamos dever nada a nenhum lugar do Brasil. Esse é um complexo que ajuda a expandir a cultura baiana através das mais variadas linguagens”, afirmou Rui Costa.

Complexo cultural

As intervenções, que deram origem ao projeto Novo TCA, retomam e atualizam a ideia de um complexo cultural, conceituado na década de 1940, por meio dos projetos de Anísio Teixeira. A modernização do TCA amplia as possibilidades de promoção da cultura baiana.

“A expansão da Concha Acústica vai nos possibilitar oferecer novas linguagens artistas para a população. Em especial, destaco os espetáculos de circo, o que passa a ser possível graças à inclusão da chamada passarela técnica na primeira etapa do projeto. A cobertura da Concha Acústica passa a ser plana e, consequentemente, passa a ter duas funções. Uma delas é o rendimento, onde podemos colocar toda a parte iluminotécnica, mas também passa a funcionar como uma sala de aula. De lá, quem se interessa em iluminação para espetáculos pode aprender como funciona”, explica o diretor do TCA, Moacyr Gramacho.

Para o secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, a Concha Acústica é um espaço bem localizado. Ele destaca que o equipamento deve suprir o anseio da população e dos artistas por um espaço que comporte diversas linguagens culturais. “Já me perguntaram: ‘quando a Concha vai ser entregue? Porque não temos nenhum outro espaço para levar shows de grande porte’. Então dá para imaginar a alegria da classe produtora e do público quando esse excelente complexo cultural for entregue”.

Segunda etapa

Intervenções como a requalificação da Sala do Coro e dos acessos, a construção da Sala Sinfônica e da Sala de Cinema, com 600 e 150 lugares, respectivamente, fazem parte da segunda etapa do projeto. Também estão previstas a melhoria acústica e técnica da Sala Principal e dos espaços anexos, como o foyer, jardim suspenso, restaurante e bilheteria. Com recursos do Ministério da Cultura e da Secretaria de Cultura do Estado, as obras estão orçadas em cerca de R$ 200 milhões.

Fonte: SECOM BA

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 4000-1139